MORRE, EM PORTO ALEGRE, O ESCRITOR JOÃO GILBERTO NOLL

MORRE, EM PORTO ALEGRE, O ESCRITOR JOÃO GILBERTO NOLL

Esta é uma semana de tristeza para os amantes das letras por causa da morte do premiado escritor gaúcho João Leia mais »

MINISTRO DO TURISMO VISITA FLORIANÓPOLIS

MINISTRO DO TURISMO VISITA FLORIANÓPOLIS

A convite do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, desembarca na capital catarinense na manhã Leia mais »

PROPOSTA ACABA COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO

PROPOSTA ACABA COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO

Proposta do deputado catarinense Rogério Peninha Mendonça (PMDB) de inclusão do fim da contribuição sindical obrigatória, tanto a patronal como a dos Leia mais »

PREFEITURA FISCALIZA OBRAS IRREGULARES NO SUL DA ILHA

PREFEITURA FISCALIZA OBRAS IRREGULARES NO SUL DA ILHA

Mutirão de fiscalização teve como alvo obras irregulares no Sul da Ilha de Santa Catarina. A finalidade é coibir construções ilegais em Leia mais »

TENTATIVA DE GOLPE CONTRA PENSIONISTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO

TENTATIVA DE GOLPE CONTRA PENSIONISTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO

Pensionistas têm recebido ligações telefônicas informando sobre quantia em dinheiro disponível para resgate. O interlocutor, que se diz servidor do Leia mais »

Governo do Estado anuncia investimento de R$ 350 milhões em obras de saneamento na Capital

Governo do Estado anuncia investimento de R$ 350 milhões em obras de saneamento na Capital

O Governo do Estado, por meio da Casan, anunciou nesta quarta-feira, 08 de março, um investimentos de mais de R$ 350 milhões Leia mais »

 

Tela de Portinari é vendida por R$ 4,2 milhões em leilão

‘Meninos’, uma pintura de 1958 que participou de várias exposições internacionais e está no catálogo raisonné do artista, foi arrematada no pregão de James Lisboa

Estadão.com.br – Em termos de mercado, Portinari ainda representa para a arte moderna brasileira o que Picasso significa para a europeia, ou seja, um selo de garantia de liquidez. Uma icônica tela sua, Menino, de 1958, foi arrematada por R$ 4,2 milhões no leilão realizado no começo da semana por James Lisboa. Quatro desenhos do pintor foram vendidos no mesmo leilão por R$ 200 mil. A tela Menino integra o raisonné do artista e esteve em várias exposições importantes, no Brasil e no exterior (EUA, Itália e México).

Um surpresa no leilão de Lisboa foi a venda por quatro vezes o valor do lance mínimo da tela do pintor barroco holandês Abraham Willaerts (ca. 1603-1669). Avaliada em R$ 60 mil, ela alcançou R$ 150 mil. A pintura de Willaerts ficou entre as cinco obras arrematadas por maior preço depois de Portinari. As outras quatro são uma paisagem de Pancetti (R$ 450 mil); uma releitura de Picasso por Vik Muniz (R$ 300 mil), um guache (de 1955) de Lygia Clark (R$ 250 mil) e uma pintura de Beatriz Milhazes (R$ 125 mil).