MORRE, EM PORTO ALEGRE, O ESCRITOR JOÃO GILBERTO NOLL

MORRE, EM PORTO ALEGRE, O ESCRITOR JOÃO GILBERTO NOLL

Esta é uma semana de tristeza para os amantes das letras por causa da morte do premiado escritor gaúcho João Leia mais »

MINISTRO DO TURISMO VISITA FLORIANÓPOLIS

MINISTRO DO TURISMO VISITA FLORIANÓPOLIS

A convite do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, desembarca na capital catarinense na manhã Leia mais »

PROPOSTA ACABA COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO

PROPOSTA ACABA COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO

Proposta do deputado catarinense Rogério Peninha Mendonça (PMDB) de inclusão do fim da contribuição sindical obrigatória, tanto a patronal como a dos Leia mais »

PREFEITURA FISCALIZA OBRAS IRREGULARES NO SUL DA ILHA

PREFEITURA FISCALIZA OBRAS IRREGULARES NO SUL DA ILHA

Mutirão de fiscalização teve como alvo obras irregulares no Sul da Ilha de Santa Catarina. A finalidade é coibir construções ilegais em Leia mais »

TENTATIVA DE GOLPE CONTRA PENSIONISTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO

TENTATIVA DE GOLPE CONTRA PENSIONISTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO

Pensionistas têm recebido ligações telefônicas informando sobre quantia em dinheiro disponível para resgate. O interlocutor, que se diz servidor do Leia mais »

Governo do Estado anuncia investimento de R$ 350 milhões em obras de saneamento na Capital

Governo do Estado anuncia investimento de R$ 350 milhões em obras de saneamento na Capital

O Governo do Estado, por meio da Casan, anunciou nesta quarta-feira, 08 de março, um investimentos de mais de R$ 350 milhões Leia mais »

 

Quase 4 mil estabelecimentos fecham as portas em Santa Catarina no primeiro semestre de 2016

Santa Catarina encerrou o primeiro semestre de 2016 com fechamento líquido de 3.701 lojas, o que corresponde a uma retração de 1,5% em estabelecimentos comerciais que empregam ao menos um funcionário. O saldo entre o número de lojas abertas e fechadas é expressivamente maior na comparação com o mesmo período do ano passado (1.337 estabelecimentos), mas menor em relação ao semestre anterior (4.284), conforme levantamento da CNC realizado com dados do Ministério do Trabalho. No Brasil, o recuo foi de 67,9 mil nos seis primeiros meses de 2016, abaixo do saldo do segundo semestre de 2015 (73,1 mil).

ComercioSCA inflação elevada, o desemprego e a redução no nível da renda da população desaqueceram a economia em geral e corroeram a capacidade de consumo das famílias. “Muitos empresários estão cortando na carne antes de fechar as portas ou demitir. Embora SC tenha fechado quase o dobro de estabelecimentos na comparação com 2015, o estado foi menos afetado que mercados consolidados como São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro e os dois estados vizinhos, Paraná e Rio Grande do Sul. Os dados dos últimos meses também apontam que a queda nas vendas vem desacelerando e o fechamento de vagas deve continuar até o fim do ano, mas em menor ritmo. A expectativa é de uma retomada gradual na entrada de 2017”, afirma o presidente da Fecomércio SC, Bruno Breithaupt.

ComercioBRO fechamento das lojas está diretamente relacionado à queda no volume de vendas. De acordo com a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do IBGE, o varejo catarinense fechou o primeiro semestre deste ano com queda de 8,7% no volume de vendas, a mais acentuada desde o início da série histórica em 2001. Já no mês de junho, o comércio amargou recuo de 5,8% na comparação com o mesmo período de 2015.

O volume de vendas do varejo restrito (sem atividades de material de construção e veículos) encolheu 7,9% de junho de 2015 a junho de 2016 em SC. Quanto à receita nominal, a variação foi de 2,9%. No cenário nacional, o resultado do volume de vendas fechou com queda de 6,7% e a receita nominal variou positivamente em 3,4%.

                                                                      
Fonte: Fecomércio SC