MORRE, EM PORTO ALEGRE, O ESCRITOR JOÃO GILBERTO NOLL

MORRE, EM PORTO ALEGRE, O ESCRITOR JOÃO GILBERTO NOLL

Esta é uma semana de tristeza para os amantes das letras por causa da morte do premiado escritor gaúcho João Leia mais »

MINISTRO DO TURISMO VISITA FLORIANÓPOLIS

MINISTRO DO TURISMO VISITA FLORIANÓPOLIS

A convite do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, desembarca na capital catarinense na manhã Leia mais »

PROPOSTA ACABA COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO

PROPOSTA ACABA COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO

Proposta do deputado catarinense Rogério Peninha Mendonça (PMDB) de inclusão do fim da contribuição sindical obrigatória, tanto a patronal como a dos Leia mais »

PREFEITURA FISCALIZA OBRAS IRREGULARES NO SUL DA ILHA

PREFEITURA FISCALIZA OBRAS IRREGULARES NO SUL DA ILHA

Mutirão de fiscalização teve como alvo obras irregulares no Sul da Ilha de Santa Catarina. A finalidade é coibir construções ilegais em Leia mais »

TENTATIVA DE GOLPE CONTRA PENSIONISTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO

TENTATIVA DE GOLPE CONTRA PENSIONISTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO

Pensionistas têm recebido ligações telefônicas informando sobre quantia em dinheiro disponível para resgate. O interlocutor, que se diz servidor do Leia mais »

Governo do Estado anuncia investimento de R$ 350 milhões em obras de saneamento na Capital

Governo do Estado anuncia investimento de R$ 350 milhões em obras de saneamento na Capital

O Governo do Estado, por meio da Casan, anunciou nesta quarta-feira, 08 de março, um investimentos de mais de R$ 350 milhões Leia mais »

 

Olhar sobre o terrorismo

por Alan Bussolo – 

Os últimos fatos ocorridos em Istambul, na Turquia, e outros, há meses, em outras partes do mundo, nos fazem voltar os olhos para tentar entender o terrorismo. Logo nos vem a cabeça o termo psicopatia, palavra utilizada em caráter popular para se referir aquilo que é considerado pela psiquiatria como um transtorno de personalidade antissocial.

O autor Dalgalarrondo, em seu livro de psicopatologia, fala sobre as personalidades e suas alterações e deixa claro que “ao abordar o estudo da personalidade, deve-se estar atento à complexidade do tema e a facilidade com que se comete erros e simplificações inadequadas quando se tenta desvendar os mistérios da personalidade humana”.

É preciso enfatizar que não existe um limite nítido e bem definido entre uma personalidade considerada normal e uma transtornada. Algumas pessoas são incapazes de uma interação afetiva verdadeira e amorosa. Não têm consideração e compaixão, mentem, enganam, trapaceiam e prejudicam os outros, mesmo quem nunca lhe fez nada. Essas pessoas frequentemente têm um charme desinibido e são verbalmente fluentes, chegam a impressionar pelo discurso.

Existe uma prevalência de até 3% da população, porém isso varia muito e pode chegar a 70% na população carcerária ou mais, considerando a atual situação política nacional. Nem todo indivíduo com este tipo de transtorno adota um comportamento criminoso reincidente, de forma recidiva, ou tem potencial para isso. A maioria deles não sabe que sofre com a doença, não aprende com a experiência deles próprios ou de terceiros e tendem a reagir aos fatores de estresse ambiental em vez de buscar uma mudança interna.

A personalidade é fruto de um somatório entre características biológicas ou geneticamente determinadas e a interação do indivíduo com o meio ambiente. Face a esta ideia, podemos pensar que os indivíduos com tendências ao extremismo, possivelmente dotados das características descritas acima, de forma convicta e desprovida de sentimentos, justificando seus atos em resposta a agressão sofrida, poderiam explodir e matar pessoas inocentes.


O autor é psiquiatra, associado a ACP
CRM 13019 – RQE 10886
Foto: Divulgação ACP

Deixe aqui seu comentário. Ele é muito importante!