MORRE, EM PORTO ALEGRE, O ESCRITOR JOÃO GILBERTO NOLL

MORRE, EM PORTO ALEGRE, O ESCRITOR JOÃO GILBERTO NOLL

Esta é uma semana de tristeza para os amantes das letras por causa da morte do premiado escritor gaúcho João Leia mais »

MINISTRO DO TURISMO VISITA FLORIANÓPOLIS

MINISTRO DO TURISMO VISITA FLORIANÓPOLIS

A convite do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, o ministro do Turismo, Marx Beltrão, desembarca na capital catarinense na manhã Leia mais »

PROPOSTA ACABA COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO

PROPOSTA ACABA COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO

Proposta do deputado catarinense Rogério Peninha Mendonça (PMDB) de inclusão do fim da contribuição sindical obrigatória, tanto a patronal como a dos Leia mais »

PREFEITURA FISCALIZA OBRAS IRREGULARES NO SUL DA ILHA

PREFEITURA FISCALIZA OBRAS IRREGULARES NO SUL DA ILHA

Mutirão de fiscalização teve como alvo obras irregulares no Sul da Ilha de Santa Catarina. A finalidade é coibir construções ilegais em Leia mais »

TENTATIVA DE GOLPE CONTRA PENSIONISTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO

TENTATIVA DE GOLPE CONTRA PENSIONISTAS DO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO ESTADO

Pensionistas têm recebido ligações telefônicas informando sobre quantia em dinheiro disponível para resgate. O interlocutor, que se diz servidor do Leia mais »

Governo do Estado anuncia investimento de R$ 350 milhões em obras de saneamento na Capital

Governo do Estado anuncia investimento de R$ 350 milhões em obras de saneamento na Capital

O Governo do Estado, por meio da Casan, anunciou nesta quarta-feira, 08 de março, um investimentos de mais de R$ 350 milhões Leia mais »

 

Maria do Rosário tentou tirar casquinha em manifestação contra banditismo em Porto Alegre e foi duramente hostilizada

A deputada federal Maria do Rosário (PT/RS) foi duramente hostilizada ao passar por uma manifestação organizada por amigos e familiares da médica Graziela Müller Lerias, 32 anos, morta durante um assalto no último domingo (14), em Porto Alegre. Os manifestantes estavam reunidos em frente ao Palácio Piratini (sede do Governo do Rio Grande do Sul) e cobravam por mais segurança.

Aos gritos, o público começou a reclamar da deputada, chamando-a de “Cúmplice”, “Defensora de bandido”, “Ih Fora, Ih Fora” e “Vai embora, vai embora”. Por não aguentar a pressão, se rendeu e acabou indo embora do local.

Mais tarde, a petista foi ao Twitter se lamentar. Ela disse que participava de um seminário perto do protesto quando percebeu a movimentação. Ao ser informada que era um ato em memória de Graziela, resolveu prestar solidariedade.

“Estou à disposição da família da médica Graziela Lerias. Num momento de dor não podemos quantificar o sofrimento. Fica para sempre”, publicou Rosário no Twitter.

“Até quando por raciocínio primário vai haver esse discurso que responsabiliza quem defende DH (Direitos Humanos) pela violência? É o contrário, entendam”, criticou. Do site Diário do Poder

Fonte: BLOG DO ALUIZIO AMORIM